Insulto

   Inacreditável! Até segunda-feira um procurador da República no topo da carreia que fosse mudar de cidade por causa do trabalho tinha direito a R$ 90 mil como ajuda de custo se tivesse três filhos. O  Diário Oficial da União de terça-feira publicou portaria da procuradora geral da Republica, Raquel Dodge, estabelecendo valor de R$ 30 mil, independentemente do tamanho da prole da excelência. Mesmo assim, um valor obsceno.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.