Calhamaço

   Segue célere a CPI da Ponte Hercílio Luz na Assembleia Legislativa. Já tem 17 mil páginas de documentos. Mas  não há como ela operar um milagre: restituir ao contribuinte catarinense uma pequena parte que fosse dos R$ 700 milhões desviados para o bolso de corruptos. Exemplo de indignação: o deputado estadual Jessé Lopes exibiu na tribuna uma simulação de implosão da ponte, que acaba de receber mais um aditivo de R$ 14 milhões.

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.