Página Inicial > Sem categoria > Demais e de menos

Demais e de menos

  Escreveu-se aqui, ontem, que algo não bate na devolução de R$ 223 milhões de “sobras” do duodécimo do Tribunal de Contas,  enquanto o Executivo, que os recebeu, enfrenta dificuldades extremas para atender demandas básicas. O presidente do TCE, Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, diz que a “lógica do duodécimo é dar condições para a independência e autonomia para os poderes exercerem suas competências constitucionais”.  Mas se sobra tantos milhões, há tantos anos, porque não pedir a redução do repasse? Quem sabe, assim, o TJ, MP e Alesc fiquem encorajados e façam o mesmo?

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.