Diálogo

As preocupantes imagens de barricadas nas entradas do campus da UFSC em Florianópolis, nesta semana, motivo para muita indignação e revolta pelo cerceamento do direito de ir e vir, foram desaprovadas pelo reitor Ubaldo Balthazar, que até então se comportava como um Pôncio Pilatos. Em manifestação pública lamentou que “depois de tanto diálogo, de uma aproximação com o movimento dos estudantes e das várias ações para mediar os conflitos, ainda tenhamos que presenciar cenas de violência, desrespeito e constrangimento que não combinam com a defesa da Universidade”. Mas só retórica e passar a mão na cabeça, magnífico reitor, não basta.

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.