Desencanto

   Liderança religiosa em Florianópolis, que lê estas linhas e que por motivos óbvios quer seu nome preservado, ao ser questionada sobre a audiência do papa Francisco ao ex-presidente Lula, no Vaticano, respondeu que “para o bem de todos e a paz, o melhor seria uma cobertura a mais discreta possível da mídia nacional e internacional” sobre o fato. O religioso confessa que desde que a notícia do evento foi publicada, ele tem sido vigorosamente cobrado pelos católicos, muito contrariados, em relação à atitude do sumo pontífice e do Vaticano.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. rudi
    14, fevereiro, 2020 em 07:27 | #1

    Infelizmente esse papa Bergoglio vai mostrando a que veio. Ou alguém acredita que ele receberia um criminoso que não fosse do seu espectro ideológico?

  1. Nenhum trackback ainda.