Batom

Mais um projeto, agora do deputado Paulo Eccel (PT) tenta reparar uma injustiça contra as mulheres catarinenses: propõe aumentar para 30% o número de vagas destinadas a elas nos quadros de oficiais e de praças da Polícia Militar do Estado, atualmente de 20%. Outro projeto dele permite o acesso às fileiras da PM até os 35 anos, em razão da própria ampliação da expectativa de vida da população. O curioso é que a idade limite para ingresso na Polícia Civil catarinense é de 45 anos.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. Rogério
    23, maio, 2020 em 08:49 | #1

    Pensando pelo lado igualitário, acho que mulheres também deveriam prestar serviços militares. Tudo pela igualdade de direitos.

  1. Nenhum trackback ainda.