Página Inicial > Sem categoria > Corporativismo

Corporativismo

  Imagina-se o lobby de categorias corporativistas (e sempre privilegiadas) do serviço público estadual sobre os deputados tentando manter ou conquistar privilégios na proposta de reforma da previdência, encaminhada no fim do ano passado e retirada de pauta esta semana, a pedido do Executivo, inconformado com as mudanças, já que a economia projetada de R$ 18 bilhões seria reduzida em R$ 16 bilhões. Uma obscenidade. Os deputados parecem cegos diante de uma realidade: hoje a previdência do Estado banca 67,1 mil aposentados e pensionistas, ou 56,2% do total de segurados, contra 52,2 mil servidores na ativa, 43,8%. Mensalmente, o Executivo tira do seu caixa a exorbitância de R$ 320 milhões para fechar a conta de pagamento de benefícios previdenciários, fatura que alcançou R$ 4 bilhões no ano passado.

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. Paulo Ricardo
    30, julho, 2020 em 14:46 | #1

    Inclusive para pagar o governador que aos 48 anos se aposentou e recebe 26 mil reais, falácia contra servidores que PAGAM bem mais para ter uma aposentadoria maior,e não tem culpa da incompetência do executivo de administrar, e não tem nada de falar a besteira de o contribuinte que paga, mentira deslavada. agora as renúncias fiscais de 5,4 bilhões concedidas? cade?

  1. Nenhum trackback ainda.