Página Inicial > Sem categoria > Justiça rápida

Justiça rápida

A Justiça estadual recebeu terça-feira denúncia contra um motorista que causou a morte de duas pessoas e feriu outras seis ao dirigir embriagado na BR 280, em Rio Negrinho, em 19 e dezembro. Passou a ser réu em ação penal pública e poderá ser julgado pelo tribunal do júri. Está em prisão preventiva desde então. Foi-se, felizmente, o tempo em que crimes de tal natureza eram marcados pela impunidade.

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.