- Blog do Raul Sartori - http://www.raulsartori.com.br -

Ativismo judicial

Os ministros “supremos” Luiz Roberto Barroso e Alexandre de Morais ignoraram totalmente convite da Comissão de Transparência e Fiscalização do Senado para participarem de muito aguardada audiência pública semipresencial sobre o ativismo judiciário e a separação dos três Poderes, anteontem, no Congresso Nacional. Receberam respeitadas bordoadas de todos os lados, eles e o poder que representam. Quem participou também foi o desembargador do Tribunal de Justiça de SC, Fernando Carioni, que apontou as “interferências do Judiciário, imiscuindo-se em searas alheias”. Afirmou estar muito preocupado com o rumo das relações institucionais de poder “onde a base e as instâncias inferiores não passam de instrumentos de visão sistêmica e retórica, com a Constituição sendo interpretada com humor oscilante e a sociedade, mandatária de todo o poder, é, como sempre, a vítima e principal prejudicada. Pode parecer exagerado, mas temos hoje um estado judicial forte com Legislativo e Executivo acuados e a sociedade rendida”.