Contra

      Projeto de lei do deputado federal catarinense Gilson Marques (Novo), que acaba com a obrigatoriedade de registro profissional para artistas e técnicos de espetáculos de diversões, mal foi divulgado e já ter forte reação. O Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões de SP (Sated-SP) anunciou ontem que está se mobilizando junto a comissões da Câmara dos Deputados para impedir que seja aprovado.

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. gandin
    9, outubro, 2019 em 16:43 | #1

    Puro corporativismo!!!

  1. Nenhum trackback ainda.