Não

   Há pessoas ricas em Tubarão que pagariam  o que pudessem pela vacina, já, contra o covid-19. Mas o que dizer de dos profissionais da área de saúde local que a recusaram, alegando ser “direito” seu? Tiveram que assinar um termo de responsabilidade onde não está escrito que se forem infectadas não terão direito a atendimento emergencial público ou outro qualquer.  É o que merecem, no mínimo.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores:
  1. rudi
    18, fevereiro, 2021 em 07:27 | #1

    Posso estar enganado, mas acredito que é ilegal esse termo de recusa de atendimento emergencial pela não vacinação.

  2. Paulo Ricardo
    18, fevereiro, 2021 em 17:23 | #2

    Estes que usem a cloroquina ou o ozônio

  1. Nenhum trackback ainda.