Ousadia

30, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

É muita ousadia a de uma instituição de ensino superior de SC, cujo nome não foi tornado público, agora condenada por ter ofertado curso de graduação em Farmácia sem autorização do Ministério da Educação. E assim foi até que desavisados alunos, depois de frequentar 22 créditos e pagar as mensalidades, foram surpreendidos com a notícia de que o curso deixaria de existir.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

COLUNA DE HOJE: 29/10/2020

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

Memórias do poder

   Não será surpresa se o agora governador afastado Carlos Moisés resolver contar, quem sabe em um livro, todos os excitantes capítulos do que foi sua determinação, após a espetacular eleição de 2018, de enfrentar a chamada “velha política” de SC, seus conhecidos personagens e seus vícios mais vis. Seria uma boa leitura.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Última lei

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

  A última lei sancionada pelo governador Carlos Moisés foi publicada na edição de terça-feira do Diário Oficial do Estado. É a 18.024, que estabelece normas para evitar a propagação de doenças transmitidas por vetores – febre amarela – (Aedes albopictus) e dengue (Aedes aegypti) no Estado de SC.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Bloqueado

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

   O deputado federal catarinense Pedro Uczai (PT) é um dos políticos relevantes que, junto com vários influenciadores digitais e até ex-aliados, registraram em suas contas pessoais de rede social terem sido bloqueados pelo presidente Jair Bolsonaro, impedindo que eles vejam suas postagens no  Twitter.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Posicionamento

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

Enquanto algumas das mais proeminentes entidades da sociedade organizada de SC preferiram ficar no muro quanto ao impedimento do governador Carlos Moises, a Federação das Associações Empresariais (Facisc) foi mais explícita.  Em nota, afirmou que o processo foi resultado de “um complô político, uma irresponsabilidade dos parlamentares”. Deputados do PSD, PSDB, PL e MDB não gostaram nem um pouco. Tanto que querem que o presidente da entidade, Jonny Zulauf, esclareça quais conversas não republicanas testemunhou.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Vitória da burocracia

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

  Se for realmente o que o deputado estadual Valdir Cobalchini (MDB) diz, é preciso mesmo uma reação radical da sociedade organizada: há, hoje, R$ 40 bilhões em investimentos em SC esperando por uma licença ambiental. Quantos empregos e renda estão se perdendo? Revoltante e inaceitável.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Dois lados

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   1 comentário

A Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, descabida moção de repúdio ao cinegrafista Fabiano Souza, da NSC TV, pela captação de imagens de mensagens de WhatsApp trocadas entre o deputado Kennedy Nunes (PSD) e familiares durante a sessão do Tribunal de Julgamento do Impeachment, sexta-feira. A alegação é de que a captação não foi autorizada e que o celular é privado. Mas o ambiente em que tudo ocorria era, e é, público! Se o parlamentar, cuja reserva moral é questionável, resolvesse ficar de cueca, o cinegrafista ficaria parado, sem filmar? Fabiano, ao contrário do que alguns querem, merece um prêmio.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Senões

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

   O catarinense Doreni Caramoni Junior, que é presidente da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), diz que o setor de cultura e entretenimento está ciente de que liberar todas as atividades sem um respaldo científico é inviável. Mas reclama que os eventos culturais e de entretenimento não recebem o mesmo tratamento que outros segmentos, como shoppings, igrejas e partidos políticos, que já estão retomando as atividades. Tem razão.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Erro judiciário

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

O fato aconteceu em SC. O Superior Tribunal de Justiça rejeitou a condenação em que o suposto criminoso foi reconhecido por foto. No julgamento, que pode mudar a rotina de varas criminais e tribunais em todo o país, constatou-se que as vítimas apontaram que ele tinha 1,7 m, mas o real era 25 cm mais. Foi condenado em primeira e segunda instâncias apenas com essa identificação. No caso, de participação em assalto em Tubarão, a cinco anos e quatro meses de prisão, apenas com base em reconhecimento fotográfico feito durante o inquérito. O habeas corpus foi impetrado pela Defensoria Pública de SC e a ONG Innocence Project Brasil  teve participação, chamando a atenção para as injustiças que podem decorrer do reconhecimento de suspeitos sem a observância das regras legais. Não houve nenhuma outra prova que corroborasse a acusação.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Entulho

29, outubro, 2020 (   Envie este Post   Imprima   Comente

Em boa hora o Poder Judiciário estadual instalou o Fórum Permanente de Eficiência da Gestão Tributária, cujo fim é minimizar o acesso de ações cujo valor da causa é menor ou um pouco maior que o custo do processo. São 1.068.299, um terço de todo o acervo. Do total,  856.011 são execuções com valor da causa inferior a R$ 5 mil. A consequência é uma taxa de congestionamento de 82% e tempo médio de seis anos e seis meses para a tramitação do processo.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores: