COLUNA DE HOJE: 18-12-2018

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   1 comentário

Prática comum

      Embolsar parte do salário de assessores é prática comum nas casas de leis, incluindo nossa Assembleia Legislativa e câmaras de vereadores. As denúncias que surgem de vez em quando, como é o caso que envolve um dos filhos do presidente eleito Jair Bolsonaro, é que o “chefe” é guloso demais.

 

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Desconsolo

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

  A chamada “bancada da bala”, cujo representante maior em SC é o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB), está desacorçoada, pelo menos por hora. O futuro presidente ainda não convidou ninguém dela para ocupar cargos na República.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Estratégia

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

  É muito provável que vai acontecer, logo nos primeiros dias de governo, o que alguns começam a imaginar: que o governador Carlos Moisés usará as redes sociais, o que tem feito com muita eficácia, para induzir a  opinião pública contra políticos – leia-se Assembleia Legislativa, em especial – que criarem obstáculos à aprovação de medidas importantes.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Em alta

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

   O empresariado catarinense está em expectativa quanto à possibilidade do ex-presidente da Fiesc, Glauco Côrte, integrar o primeiro escalão do governo Carlos Moisés. Conversas já aconteceram e ele poderá assumir a Secretaria da Educação. A propósito, a gestão de Côrte na entidade empresarial deu ênfase especial à área.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Silêncio

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

Blumenau se junta Florianópolis e Criciúma com legislação proibindo fogos de artifício com estampidos ou qualquer artefato pirotécnico de efeito sonoro ou ruidoso, em eventos promovidos pela prefeitura, direta ou indiretamente, como réveillon.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Lixo

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   1 comentário

   De chorar, por ser símbolo de nossa incivilidade, a montanha de sete toneladas de lixo recolhido só no sábado no mar e encostas das praias do Sonho, Papagaio, Pinheira, Guarda do Embaú e Ilha dos Corais, em Palhoça, em ação coordenada pela valorosa Associação Náutica Brasileira (Acatmar).

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Laço

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

   Seria o fim dos rodeios crioulos se a Comissão do Esporte de Esportes da Câmara dos Deputados não rejeitasse projeto que proíbe perseguições seguidas de laçadas e derrubadas de animais em tais eventos. A bancada gaúcha e catarinense da comissão ajudou na derrubada da proposta, quinta-feira.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Universidade comunitária

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

   Uma discussão de décadas está perto do fim. Está pronto para votação em plenário projeto do deputado Jorginho Mello (PR-SC), que  torna obrigatória a participação de representantes de universidades comunitárias – assim consideradas todas as que hoje integram a Associação Catarinense das Fundações Educacionais –  na Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE). No país elas oferecem 12 mil cursos de graduação e tem 2,7 milhões de estudantes matriculados.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Satisfação

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

   Diante da quase incontrolável revolta dos usuários da BR 101 na região metropolitana da Capital, a concessionária Autopista Litoral Sul anunciou ontem o início, em janeiro, das obras dos três túneis duplos e viadutos no Contorno de Florianópolis, com gasto de R$ 1,6 bilhão. O prazo de entrega da obra completa é dezembro de 2021. Mas o projeto se arrasta desde 2012.

Categorias:Sem categoria Marcadores:

Náutica

18, dezembro, 2018 (   Envie este Post   Imprima   Comente

Na undécima hora, Pinho Moreira mandou para a Assembleia Legislativa projeto que concede tratamento tributário diferenciado à indústria náutica catarinense, como redução da alíquota do ICMS para 12%, e sua exclusão do rol de itens supérfluos, conforme lei  que tributa  iates e outros barcos e embarcações de recreio ou esporte, barcos a remo e canoas em 25%. O valor da renúncia fiscal é de apenas R$ 1,4 milhão por ano.

Categorias:Sem categoria Marcadores: